Noticias 01/03/2019 - 08:06 - Luiz Pires/Governo do Tocantins

Governo desenvolve ferramentas de inteligência artificial para auxiliar gestão

Presidente da Agência de Tecnologia ressaltou que ações da pasta ajudarão a modernizar tomadas de decisão, desburocratização, fiscalização dos serviços públicos e arrecadação tributária Presidente da Agência de Tecnologia ressaltou que ações da pasta ajudarão a modernizar tomadas de decisão, desburocratização, fiscalização dos serviços públicos e arrecadação tributária - Governo do Tocantins

A recém-criada Agência de Tecnologia da Informação do Estado do Tocantins está desenvolvendo ferramentas de inteligência artificial para auxiliar a gestão nas tomadas de decisão, desburocratização, fiscalização dos serviços públicos e arrecadação tributária.

Ao detalhar as ações desenvolvidas pela Agência, o presidente Thiago Pinheiro Maciel, anunciou a criação do Portal de Serviços do Governo do Estado, prevendo a centralização dos serviços prestados aos cidadãos em uma plataforma única e intuitiva. “Serviços prestados pelo Estado, por meio de seus órgãos, em prol do cidadão, estão sendo otimizados por meio da criação de canais de atendimentos automatizados via chatbot”, informou Thiago.

O presidente destacou que, visando a economicidade e o reaproveitamento dos recursos materiais, estão sendo transformados serviços físicos em digitais. “Isto inclui tanto o desenvolvimento de plataformas que subsidiem as ferramentas necessárias quanto a digitalização de processos existentes”, esclareceu. 

Outro ponto destacado por Thiago Maciel é que estão sendo estudados e aplicados apoios tecnológicos com objetivo de eficiência e eficácia no desempenho das atividades e upgrade dos sistemas existentes, para melhor atender o cidadão que busca serviços do Estado por meio do atendimento presencial.

Thiago Maciel informou que está sendo criado, pela Agência de Tecnologia da Informação do Tocantins, um canal único de autenticação do cidadão para serviços do Governo (o cidadão terá uma identidade única digital, para acessar todos os serviços disponíveis on-line pelo Estado). “Esse recurso visa beneficiar e desburocratizar os inúmeros cadastros existentes que dificultam o acesso às informações de cada pessoa”, concluiu.