Noticias 19/12/2019 - 13:30 - Tamires Rodrigues/ Governo do Tocantins

Com treinamento, Tocantins se torna referência nacional no monitoramento de programas de Assistência Social

Treinamento realizado em Palmas com os profissionais da Assistência Social. Treinamento realizado em Palmas com os profissionais da Assistência Social. - Divulgação SETAS
Apresentação das funcionalidades da RedeSUAS para a equipe da Gerente de Treinamento da ATI. Apresentação das funcionalidades da RedeSUAS para a equipe da Gerente de Treinamento da ATI. - Tamires Rodrigues/ Governo do Tocantins

O Programa Criança Feliz (PCF) é uma ação do Governo Federal, dos estados e dos municípios; e foi implantado no Tocantins em 2016. O objetivo deste programa é promover o desenvolvimento adequado da primeira infância, integrando ações nas áreas de assistência social, cultura, educação, justiça, direitos humanos e saúde. Atualmente, 51 municípios no Tocantins fazem parte desse programa que promove o desenvolvimento integral das crianças e suas famílias.

A Agência de Tecnologia da Informação (ATI) tem trabalhado no suporte do Prontuário Eletrônico, ferramenta nacional que auxilia o trabalho dos profissionais que realizam atendimento do PCF e de outros programas do Sistema Único de Assistência Social (RedeSUAS).

Continuamente de acordo com a adesão dos municípios, é realizada a capacitação das equipes de referência para registro das visitas domiciliares realizadas no Prontuário RedeSUAS, que foi elaborado em âmbito nacional com a discussão, participação e colaborações de uma equipe de gestores, pesquisadores e profissionais.

Segundo a coordenadora estadual do PCF, Katilvania Guedes, é realizado, por meio dos registros, o acompanhamento dos atendimentos e da família, sendo possível qualificar o atendimento social e as necessidades de cada município. “O suporte da ATI tem sido fundamental para o programa. Com as capacitações realizadas, temos nas equipes municipais servidores preparados com toda metodologia do programa e funcionalidades do sistema, gerando relatórios concretos da situação em cada município. Em outubro, contabilizamos mais de 20 mil visitas em todo o Estado”, afirma.

Juntamente com a Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), a ATI tem realizado o trabalho de qualificação dos profissionais que desenvolvem o trabalho social com as famílias nos municípios, para utilização dos recursos do sistema como o cadastro de histórico de atendimentos e trajetória da família, padronização e organizar informações sobre os serviços prestados à comunidade.

Referência Nacional

As vivências positivas na execução do PCF no Tocantins fizeram com que o Estado fosse considerado referência no Brasil. A coordenadora Katilvânia Guedes afirma que o reconhecimento se dá pela execução de excelência do programa pelas equipes estaduais e municipais. “Temos levado nossas experiências a várias regiões; estivemos há poucos dias no estado do Pará para compartilhar nosso sucesso com 18 municípios das regiões do Araguaia e Carajás”, informa.